Vitória estreia na temporada contra o Sergipe em casa

Com poucos dias de trabalho, apenas um jogo-treino na pré-temporada e elenco em reformulação – foram nada menos que 13 contratações – o Vitória ainda está longe de se considerar preparado para a 2017. Mas o tempo não perdoa: o Leão estreia nesta quinta-feira, 26, na Copa do Nordeste, contra o Sergipe, no Barradão, às 19h (horário da Bahia).

Existem ainda outros fatores que dão ao duelo desta quinta uma cara muito mais de ‘esquente’, como um bom baiano diz, para a nova temporada. O técnico Argel Fucks não contará, por exemplo, com nenhum dos quatro principais reforços que recebeu. O meia Cleiton Xavier não foi regularizado pelo Leão junto à CBF, e seu companheiro de posição, o argentino Dátolo, ainda não foi liberado pelo departamento de preparação física do clube.

No ataque, o centroavante André Lima acabou de ser apresentado, e Paulinho até vai para a partida, mas começará no banco por não se encontrar na melhor condição física.

A equipe que enfrenta o Sergipe será a mesma que iniciou o único jogo-treino que o Vitória teve até aqui, contra o Atlântico, ainda bem longe do time que a torcida projeta como titular. Serão seis estreias no Rubro-Negro: os zagueiros Fred e Alan Costa; o lateral esquerdo Geferson; o volante Uillian Correia; e os meias Pisculichi e Gabriel Xavier.

Até por conta da pouca pressão sobre si, o técnico Argel, que costuma ser duro com a imprensa quando esta pergunta sobre o time titular, revelou a equipe nesta quarta, 25, com extremo bom humor: “O time que vai jogar é o time que treinou hoje (quarta-feira). Quando a gente entender que tem que fechar (os treinos), a gente vai fechar. Mas o time de amanhã (quinta-feira) vai ser Fernando Miguel, Norberto, Fred…” e seguiu, escalando um por um os atletas.

Ainda em definição

Sem contar com seus principais jogadores, o comandante está longe de definir a formação do Vitória em campo. Para o jogo desta quinta, ele testará uma novidade, um 4-4-2 clássico. “No ano passado a gente teve muita dificuldade na posição de meia. Esse ano não, a gente tem muito talento, muitos jogadores com capacidade de organização. Então vamos mudar a maneira de jogar, vamos ter mais a bola no pé. Já deu para ver esse perfil no amistoso contra o Atlântico. Para o começo da partida vamos assim, com dois meias – Pisculichi e Gabriel Xavier –, dois atacantes – Kieza mais centralizado e David caindo pelo lado – e dois volantes por trás deles, o (Willian) Farias e o (Uillian) Correia, explicou.

Apesar do duelo aparentemente fácil, em casa e contra um adversário de menor expressão, Argel preferiu valorizar o Sergipe: “É um time que tem qualidade, que vem trabalhando desde o dia 7 de dezembro e que já jogou duas partidas pelo Sergipano. Então a gente não subestima ninguém, não”.

O técnico também alertou a torcida: “O mais importante nesse momento não é exibição. Nós não estamos preparados para dar exibição. O mais importante é o resultado. A exibição vai vir com o tempo. Tenho um compromisso de jogar bem e ganhar, mas temos pouco tempo de treino e não dá para esperar muito”.

Vitória x Sergipe – 1ª rodada do Grupo E da Copa do Nordeste

Local: Estádio do Barradão, em Salvador (BA)

Quando: Quinta-feira, 26, às 19h da noite

Árbitro: Charles Hebert Cavalcante Ferreira

Assistentes: Rondinelle dos Santos Tavares e Wagner José da Silva (trio de Alagoas)

Vitória – Fernando Miguel, Norberto, Fred, Alan Costa e Geferson; Willian Farias, Uillian Correia, Gabriel Xavier e Pisculichi; David e Kieza.  Técnico: Argel Fucks.

Sergipe – Ferreira, Sorriso, Jonas, Jairo e Vicente; Gil Baiano, Ramalho e Davi Ceará; Erick Mamadeira, Hiago e Fabiano Tanque. Técnico: Betinho.

Responder

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.