Vereadores Moises Rocha e Suica estão suspensos dos direitos partidários

Uma noticia está dando o que falar nesta quinta-feira (5) nos bastidores do meio político. De acordo com informações que estão circulando na imprensa baiana, os vereadores Luiz Carlos Suica e Moisés Rocha, ambos do Partido dos Trabalhadores(PT), estão suspensos dos direitos partidários por 60 dias, por terem desobedecido à orientação da coligação em votar na representante, a vereadora Marta Rodrigues (PT).Mesmo sendo o voto secreto, a legenda diz que os edis votaram em Léo Prates (DEM), para a presidência da Câmara de Salvador, na última segunda-feira (2). A punição do partido pode acarretar a abertura de processo por infidelidade através da comissão de ética e consequentemente a expulsão dos dois da sigla partidária.

Moisés Rocha criticou a entidade e afirmou  que soube da notícia através dos meios de comunicação. “Eu tenho também uma grande surpresa porque, infelizmente, nos últimos dias nós temos recebido notícias apenas pela imprensa. Então eu não posso em hipótese alguma, inclusive, ainda me manifestar sobre um possível processo de suspensão ou até da expulsão, porque até agora eu não fui informado de nada”, afirmou.

Já o vereador Suica,  lamentou o que está acontecendo e reafirmou que também soube do fato pela imprensa. “Essa atitude eu só soube ontem e pela imprensa. Soubemos de tudo de forma unilateral, ninguém nunca nos chamou para participar de uma reunião e toda vez que fui chamado, eu estive presente”, destacou. O edil declarou ainda o seu apoio ao colega Moisés e citou a falta de diálogo do partido e a difícil convivência com colegas. “Ela (Marta Rodrigues) nem fala com a gente, pelo menos comigo, ela nem fala, nem um ‘bom dia’ me dá”, rechaçou Suica.

Responder

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.