Tráfico de menores em Cachoeira

cachoeira
O Ministério Público da Bahia denunciou 24 pessoas suspeitas de integrarem uma organização criminosa, em Cachoeira, cidade a cerca de 100 quilômetros da capital baiana. De acordo com o órgão, elas são suspeitas de aliciar menores para a prática de crimes como tráfico de drogas, homicídios, roubos, porte e venda de arma de fogo.
O promotor de Justiça Rodrigo Rubiale pediu a Justiça que decrete a prisão preventiva dos denunciados. De acordo com o MP, as investigações, que tomaram por base um inquérito policial, apontam ainda para a associação desse grupo a uma outra quadrilha com atuação em Muritiba.
Para o promotor Rodrigo Rubiale, a prisão é necessária para “acautelar o meio social”, uma vez que “soltos, os denunciados podem intimidar testemunhas”. Ele acrescenta que, além de atrapalhar “em muito a instrução processual”, a permanência dos suspeitos soltos na sociedade pode fazer com que subsistam “práticas de atividades criminosas, notadamente, o tráfico de drogas” na cidade.

Responder

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.