Traficantes vingaram morte de comparsas durante confronto em São Caetano, diz polícia

Quatro homens suspeitos de envolvimento nas três mortes ocorridas durante um confronto no bairro de São Caetano, na noite de quinta-feira (21), foram presos momentos depois do crime. As mortes aconteceram na rua 1º de Janeiro, após uma disputa entre duas facções das localidades da Rua da Glória e Capelinha de São Caetano.

Tiago de Jesus Bispo, de 23 anos, Luan Chastinet Ribeiro, 24, Jubiraci Souza da Silva, 22, e Romival da Silva Lima, 21, integram a quadrilha liderada pelo traficante Washington Davi Santos da Silva, o “Boca Mole”, mandante do crime. As vítimas do ataque, Davi Santos de Oliveira, 18, Tiago Santos Bispo, 30, e Tiago Cruz dos Santos, 27, pertenciam a um bando rival, liderado por “Everaldinho” e “Saul”.

De acordo com a polícia, além de estar relacionado à disputa pelo tráfico de drogas, o triplo homicídio também tem a ver com outras duas mortes ocorridas durante um confronto na noite anterior. Alisson Marcos Santos de Souza e Lucas Souza Costa foram mortos  na quarta-feira (20), na localidade de Goró, em Campinas de Pirajá. Na quinta-feira (21), os traficantes também vingaram a morte de uma mulher de pré-nome de Jéssica, prima de Tiago de Jesus, assassinada no dia 7 de abril, na região de São Caetano.

Responder

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.