Terminal de Plataforma é entregue completamente reformado

plataforma
Depois de ter as atividades paralisadas devido às ações constantes de vândalos, que destruíram boa parte da estrutura, o Terminal Marítimo de Plataforma foi entregue completamente reformado à população na tarde desta terça-feira (30). Com investimento 100% municipal na ordem de R$80 mil, as obras tiveram duração de 60 dias e contaram com recuperação da infraestrutura, a exemplo de pintura, reposição de louças sanitárias, implantação de novas portas e bancos, construção de muro de proteção, renovação da parte hidráulica e elétrica, limpeza geral e recomposição do piso, dentre outras melhorias.
Com a reforma, o Terminal Marítimo de Plataforma vai possibilitar novamente aos moradores do bairro e adjacências fazer a travessia até a Ribeira, na Península Itapagipana, em apenas oito minutos e com tarifa no valor de R$1 a inteira (com direito a meia-passagem). De ônibus, o trajeto seria feito em 1h30 e com valor da tarifa de R$2,80 a inteira. Além disso, o equipamento contribuirá também para o turismo no local, já que as pessoas podem aproveitar o serviço para aproveitar ambientes característicos dos locais, como a Sorveteria da Ribeira, o restaurante Boca de Galinha (famoso pela especialidade em frutos do mar) e a própria Península Itapagipana.
De acordo com o secretário municipal de Urbanismo e Transportes, Fábio Mota, a expectativa é de que o volume de pessoas aumente a partir de agora. “Antes da paralisação das atividades, o terminal recebia apenas 200 passageiros por dia e apenas um barco fazia a travessia. Agora, já são três barcos e cerca de 1 mil pessoas devem passar pelo local nos dias úteis. No fim de semana, estimamos que esse número chegue a dois mil passageiros”, ressaltou.
Para o prefeito ACM Neto, a reforma do terminal também é vista como uma importante ação de mobilidade, facilitando o acesso entre o Subúrbio Ferroviário e a Península Itapagipana. “Isso ajuda a melhorar a qualidade de vida das pessoas e a integração da cidade, o que é muito importante. Vamos assegurar também a segurança, que é uma coisa muito séria que faltava para conservar a recuperação e dar tranquilidade para os passageiros que vão utilizar diariamente esse serviço”.
O prefeito também fez um apelo à população para que ajudem na conservação do equipamento. “Não adianta a gente fazer nova praça, um terminal como esse ou construir um posto de saúde se logo depois ele vai ser degradado, pichado ou roubado. Esse é um dinheiro público, é o dinheiro de cada cidadão e é um patrimônio de todos nós. É fundamental que haja esse compromisso de ter cuidado com o que foi feito para que possa ser preservado e que tenha uma vida longa”, salientou.

Responder

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.