Técnico croata diz que “foi ridículo o que fizeram” durante o jogo de estreia

Em 2010, o árbitro Yuichi Nishimura não deixou boas lembranças ao apitar a eliminação do Brasil contra a Holanda. Porém, nesta quinta-feira, o japonês foi decisivo para o segundo gol da Seleção Brasileira.

Quando a partida estava empatada em 1 a 1, uma falta duvidosa no atacante Fred dentro da área foi marcada. Neymar cobrou mal, mas não desperdiçou a chance de deixar a sua equipe em vantagem. Apóso jogo , o técnico Niko Kovac detonou a atuação da arbitragem.

“Se alguém viu pênalti, levante a mão”, pediu o treinador da Croácia durante a entrevista coletiva após o jogo. “Eu não posso levantar a mão. Nenhum dos presentes no estádio ou os 2,5 bilhões que assistiram à partida mundo afora viram pênalti, se for assim, haverá mil pênaltis na Copa. Foi ridículo o que fizeram”, disse.

“Não tem nada a ver com esse árbitro em especial, tem a ver com jogar aqui no Brasil, contra o grande favorito para ser campeão. As regras valem para os dois lados. O slogan da Fifa é ‘respeito’, então, que haja respeito para as duas equipes, se continuarmos assim, vamos ter um circo”, disparou.

Depois de o treinador reclamar da arbitragem, foi a vez do meia Luka Modric se manifestar sobre o pênalti marcado no atacante Fred, que resultou no segundo gol da SeleçãoBrasileira.

“Não é justo perder assim. Penso que não foi pênalti, mas agora a partida já acabou. Não podemos fazer mais nada”, lamentou o meia do Real Madrid, que fez elogios à atuação de sua equipe. “Jogamos uma partida muito boa”, disse ainda na Arena Corinthians.

Com a vitória por 3 a 1, o Brasil lidera o Grupo A da Copa do Mundo. Agora, a equipe de Felipão viaja para Teresópolis, sua base de treinamentos durante a competição. No domingo, a delegação brasileira embarca para Fortaleza, onde enfrenta o México na terça-feira. Um dia depois, a Croácia encara Camarões.

Responder

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.