Subtenente da Polícia Militar morre após levar tiros na cabeça no Rio Vermelho

Um sutenente da Policial Militar foi assassinado a tiros na noite do último sábado (9), no bairro do Rio Vermelho. De acordo com informações da Central de Polícia, Almir Ângelo Costa Santana, de 51 anos, estava na porta de casa quando foi abordado por três homens que passavam em frente ao edifício Vivendas Parque, na rua sem saída Francisco Rosa, e atiraram contra a vítima.

O policial, que atuava na 17ª Companhia Independente de Polícia Militar (Uruguai), estava dentro de um veiculo na hora do crime, acompanhado do cunhado, e chegou a ser socorrido por uma viatura da polícia para o Hospital Geral do Estado (HGE), mas não resistiu aos ferimentos e já estava morto quando deu entrada na unidade de saúde.

De acordo com informações da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), a vítima foi abordada e teve alguns pertences roubados. Ao reconhecerem a vítima como policial, os criminosos efetuaram os disparos e fugiram.

O crime, que aconteceu próximo à Faculdade Ruy Barbosa, segue sob investigação. A polícia ainda não tem informações sobre autoria e motivação do homicídio.

Este é o segundo caso de policial morto em Salvador no mês de agosto. No dia 1º, Washington Luiz Santos Cruz, 40 anos, foi reconhecido em um assalto e também foi assassinado a tiros.

Responder

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.