SSP divulga plano de ação na folia

O aparelho de segurança montado pelo governo do estado para o Carnaval, que começa nesta quarta-feira, 22, contará com cerca de 25 mil profissionais – 22.559 policiais militares –, 185 postos elevados de observação, 46 portais de abordagem e 44 postos de comando.

O esquema foi divulgado nesta terça, 21, pelo governador Rui Costa, ao lado do secretário da Segurança Pública (SSP), Maurício Barbosa, do delegado-geral da Polícia Civil, Bernardino Brito, do comandante-geral da PM, Anselmo Brandão, e comte. dos Bombeiros, Francisco Telles.

O efetivo atuará nos principais circuitos da capital, no carnaval dos bairros, nos municípios da região metropolitana de Salvador e em 31 cidades do interior com programação de festa.

Vigilância será reforçada por 250 câmeras de monitoramento, viaturas – carros, motos e caminhões –, cavalos, helicópteros e aeronaves do Grupamento Aéreo da PM. Trajetos para a festa serão patrulhados por 240 policiais.

O esquema de segurança será monitorado a partir do Centro Integrado de Comando e Controle do Estado, localizado no Cento Administrativo, onde estão reunidos 41 órgãos públicos.

Para o governador, o resultado positivo dependerá da ação coletiva dos servidores envolvidos na festa. “Somente o trabalho de equipe, de time, é que vai garantir que tenhamos êxito no atendimento à população”, convocou Rui.

O governo investirá cerca de R$ 43 milhões, boa parte do montante para o pagamento de pessoal. “Nenhum outro estado tem um investimento desses. Na Bahia, a festa é muito heterogênea, não se concentra em espaços únicos”, observou.

O secretário Maurício Barbosa espera que o Carnaval 2017 seja melhor que a edição anterior, no qual não houve incidentes com armas de fogo, ao contrário dos 20 baleados em 2015. “Nossa meta é melhorar o atendimento em relação ao Carnaval do ano passado”, almeja.

O comandante da PM, Anselmo Brandão, assegura que todos os locais com festa estarão sob monitoramento: “Não só nos bairros, como cidades do interior e corredores de tráfego que levam aos circuitos”.

Responder

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.