Soro experimental para tratar Ebola chega à Libéria

ebola

Doses de soro experimental, fabricado nos Estados Unidos, chegaram à Libéria para tratar dois médicos liberianos infectados pelo vírus do ebola, informou nesta quinta-feira a emissora estatal “LBS”.

A Libéria recebeu o medicamento, chamado de ZMapp, depois de a presidente, Ellen Jonhson Sirleaf, pedir em 8 de agosto às autoridades americanas o envio, como parte dos esforços para combater a epidemia, que já matou 323 pessoas no país.

O soro será ministrado aos médicos Abraham Borbor e Zukunis Ireland, que foram infectados enquanto trabalhavam no hospital John F. Kennedy de Monróvia, um dos grandes centros de tratamento e isolamento para as vítimas do surto de ebola que atinge o país.

Responder

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.