Secretário vai à Câmara detalhar projeto de alienação de imóveis da prefeitura

O secretário municipal da Fazenda, Mauro Ricardo, atendeu a pedido de vereadores da oposição e foi à Câmara Municipal nesta quarta-feira (14) prestar esclarecimentos sobre o projeto de alienação e desafetação de imóveis da prefeitura. De acordo com o titular da Sefaz, a previsão da administração municipal é de arrecadar R$ 300 milhões com o projeto. O valor recolhido com os 62 bens será destinado à construção de um hospital municipal, a implantação do Centro Administrativo Municipal, escolas, postos de saúde e ginásio esportivo, através de Parceria Público-Privada. O gestor diz que a escolha se baseou em um estudo, feito ao longo de um ano, com 100 mil imóveis da municipalidade. De acordo com ele, alguns dos imóveis sofreriam com possibilidade de invasão e outros seriam alugados por preços inferiores aos de mercado. Um exemplo é o da churrascaria Boi Preto, na Boca do Rio, cujo aluguel custa R$ 5 mil mensais. “As empresas privadas que ocupam imóveis que serão alienados terão a chance de adquirir esses imóveis”, disse. Os imóveis estão localizados em diversas áreas da cidade, como Pituba, Itapuã, Boca do Rio, Vila Laura, Pirajá e Subúrbio Ferroviário. O projeto será enviado na sexta-feira (16) ao Legislativo e já será objeto de debate no dia 22 de maio, às 14h, no Centro Cultural da Câmara, em audiência pública conjunta das comissões de Constituição e Justiça e a de Finanças e Orçamento.

Mauro Ricardo

Responder

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.