Secretário apela ao bom senso dos patrões e rodoviários.


fabio mota

O secretário municipal de Urbanismo e Transporte, Fábio Mota, clama pelo entendimento entre os sindicatos dos rodoviários e dos empresários de ônibus de Salvador (Setps) para evitar que uma greve da categoria seja deflagrada na madrugada desta terça-feira (27). Uma nova reunião entre as partes – que farão assembleias individuais às 8h – será realizada nesta segunda (26), às 10h, na sede da na Superintendência Regional do Trabalho e Emprego (SRTE). Simultaneamente, o prefeito ACM Neto fará uma coletiva de imprensa para falar sobre o impasse. “Acredito e apelo ao bom senso dos patrões e rodoviários. Tenho certeza, assim como eles, de que a greve é prejudicial a todos. Quem mais perde é a população de Salvador. O prefeito tem se empenhado pessoalmente na mediação do acordo”, disse Mota, em contato com o Bahia Notícias. Até o momento, como a classe e o Setps não chegaram a um consenso e a tendência é de início de movimento paredista, a prefeitura já tem um esquema especial de transporte planejado. Os motoristas e cobradores da capital baiana reivindicam a extinção da hora fracionada, reajuste salarial de 15%, aumento no tíquete alimentação de R$ 12 para R$ 20, Participação nos Lucros e Resultados (PLR) e fim da dupla função, entre outras solicitações. Com licitação do setor prevista para 27 de junho, está descartada a possibilidade de aumento de tarifa para bancar as solicitações.

Responder

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.