Salvador vai contar com mais 326 radares de fiscalização

radar

Até o final de abril, Salvador deverá receber novos radares que irão fiscalizar os infratores nas principais vias da capital baiana. Serão 326 equipamentos instalados em 208 pontos escolhidos até o final de 2015. O custo para os cofres da prefeitura será de R$ 40 milhões, por 36 meses de concessão.

Segundo o diretor de trânsito da Transalvador, Marcelo Correa, os aparelhos serão implantados de forma gradual, com prioridade para os locais onde há mais acidentes graves: as avenidas Paralela, ACM, Bonocô e Suburbana.

A previsão, de acordo com reportagem do Correio, é que até novembro, 250 das 504 faixas de trânsito previstas para serem atendidas já tenham os novos equipamentos. A novidade fica por conta da tecnologia. Além de verificar velocidade e avanço de sinal, os novos radares deverão pegar os infratores de surpresa.

Osuperintendente da Transalvador, Fabrizzio Muller ,explica que a empresa que vencer a concessão deverá instalar equipamentos mais modernos em que o laço detector (da velocidade), que fica no asfalto, não fique exposto e não esteja necessariamente ao lado do equipamento que faz a captura da imagem do veículo. Isso quer dizer que o veículo pode, por exemplo, ter a medição da velocidade em um ponto e só mais à frente ser identificado.

Os motociclistas também deverão ficar mais atentos. Os fotossensores agora vão identificar quem trafega entre os veículos. Outra novidade é a fiscalização das faixas exclusivas de ônibus, que também passa a ser eletrônica, garantindo que outros veículos não trafeguem nestes espaços. A aquisição destas novidades tecnológicas, como garante Muller, não significa início da fiscalização das faixas exclusivas de ônibus, mas isso está em estudo.

Responder

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.