Rodoviários de Salvador decretam estado de greve após assembleia

Os rodoviários de Salvador estão em estado de greve. A decisão ocorreu em assembleia realizada na tarde desta quinta-feira (6), que faz parte da Campanha Salarial 2016. “É um dos trâmites legais para a greve. Agora, vamos avisar ao Ministério Público [Estadual e do Trabalho] e continuar as negociações. Estamos caminhando para a greve”, comentou o vice-presidente do Sindicato dos Rodoviários, Fábio Primo.

Conforme a entidade, os rodoviários querem, além de reajuste salarial de 18%, o fim da dupla jornada para motoristas, aumento do tíquete-refeição e aumento da gratificação de Carnaval.

Após a assembleia, um grupo de motoristas e cobradores saiu em caminhada, partindo da Avenida Sete em direção à Praça da Sé. O secretário-geral do sindicato, Valter Freire, disse que se não houver negociações, a categoria vai parar. “A partir da próxima semana, podemos parar qualquer dia”, adiantou.

De acordo com Freire, a manifestação reuniu cerca de 300 pessoas. De acordo com a Superintendência de Trânsito do Salvador (Transalvador), os manifestantes caminharam com cartazes e carros de som. Por causa do protesto, o trânsito ficou lento em toda a região.

Responder

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.