REITOR DA UFBA ANUNCIA CORTE DE 30% DO ORÇAMENTO

O Ministério da Educação (MEC) vai cortar 30% do orçamento anual da Universidade Federal da Bahia (Ufba), por não apresentar, segundo o ministro Abraham Weintraub, o ‘desempenho acadêmico esperado’ e promover ‘balbúrdia’ em seus campus.

Segundo o reitor, a instituição estranhou o fato de estar na lista de cortes. “Primeiro que não concordamos com isso de ‘confusão’ no campus, porque a faculdade é o lugar de produção do conhecimento, de pesquisa, de extensão, de democracia, de liberdade de expressão e de discussão cuidadosa de assuntos relevantes para a sociedade. Segundo que nossos indicadores acadêmicos têm crescido e melhorado significamente nos últimos anos”, ressalta João Carlos Sales.
Além da Ufba, a Universidade de Brasília (UnB) e a Universidade Federal Fluminense (UFF) também sofrerão os cortes. De acordo com o MEC, as três universidades tiveram 30% das suas dotações orçamentárias anuais bloqueadas, medida que entrou em vigor na semana passada.O anúncio do corte foi feito pelo ministro e publicado pelo jornal Folha de São Paulo.

Responder

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.