Prefeitura divulga esquema especial de trânsito para o Carnaval

Falta menos de um mês para o Carnaval e quem ainda não sabe como vai chegar aos circuitos da folia precisa ficar atento às opções de acesso e às diversas mudanças que serão feitas no trânsito, nas áreas próximas aos locais de festejo.

Para quem mora próximo de onde os trios elétricos vão passar, arrastando multidões, a atenção deve ser redobrada, a fim de fugir de engarrafamentos e encontrar os melhores atalhos para casa. Para quem vem de mais longe, resta definir se chegará à avenida de ônibus, táxi ou carro – com a opção, nesse caso, de deixar o veículo em uma das duas mil vagas disponíveis em três estacionamentos remotos.

Esses espaços vão funcionar em todos os dias do Carnaval, a partir da quinta-feira (4), na Arena Fonte Nova, Salvador Shopping e Salvador Norte Shopping, até a madrugada do dia 10. Quem estacionar nesses locais vai poder usar as linhas especiais do Expresso Carnaval. São cinco, que saem dos três locais a cada 20 minutos.

Quem deixar o carro em um dos  centros de compras fica isento de pagar pela vaga – cada ocupante do carro paga R$ 25 pela passagem de ida e volta ao circuito. Já quem colocar na Fonte Nova terá que desembolsar R$ 30, além dos R$ 10 por passageiro.

Os tíquetes antecipados podem ser comprados em um dos quatro postos de informação entregues ontem pela prefeitura (ver abaixo). “Estamos mostrando que não tem necessidade de ir de carro, que pode deixá-lo em um desses pontos e ir de ônibus”, afirma o secretário de Mobilidade, Fábio Mota.

Há ainda outra opção para quem preferir ir de carro: as 1.890 vagas da Zona Azul.

RestriçãoApesar das opções, há quem prefira circular a pé pela festa, apesar de ter um carro à disposição. É o caso do enfermeiro Alexandre Sousa, 28 anos, que mora na Rua Banco dos Ingleses. Mesmo com o adesivo que permite circular em algumas áreas restritas, ele prefere evitar os inconvenientes.

“Todo ano entregam uns adesivos, mas é inviável pra mim. Lá (na Banco dos Ingleses) ficam os carros oficiais, os cordeiros, então, é impossível sair de carro. Só de manhã, cedinho. Depois, impossível”, comentou o folião.

Este ano, a Transalvador instituiu cinco áreas de restrição à circulação de veículos no entorno dos circuitos: a novidade é a presença do Largo Dois de Julho na lista (ver ao lado). Nessas zonas, só podem circular veículos credenciados e identificados com adesivos emitidos pela Transalvador.

Segundo o superintendente do órgão, Fabrizzio Muller, cerca de 500 agentes de trânsito vão trabalhar no Carnaval. Haverá reforço na fiscalização e nas blitze também. “Vamos ampliar a fiscalização, autuando e removendo esses veículos que estejam nos locais indevidos”, explicou.

Ônibus e táxis
Assim como no ano passado, algumas linhas de ônibus vão funcionar 24 horas durante os dias de festas, que vão passar em três pontos de parada: Vale do Canela (em frente ao Viaduto Menininha do Gantois), Avenida Garibaldi (em frente ao Monumento Clériston Andrade) e na Avenida Centenário (próximo à entrada do Calabar). Além disso, duas linhas especiais de integração vão funcionar: uma  entre Ondina e Costa Azul, outra da  Lapa à Barra. Os horários e frequência dos veículos ainda vão ser divulgados pela prefeitura.

Segundo a Secretaria municipal da Mobilidade (Semob), a distribuição da frota de ônibus será de acordo com a demanda do horário, assim como aconteceu no ano passado. As linhas que fazem parte do Corujão Salvador vão continuar operando normalmente durante o Carnaval. Além disso, serão 15 pontos de táxis

Responder

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.