Prefeitura amplia isenção do IPTU para a Taxa de Lixo

a8afcae018622efcc9826d93823c73f0
O prefeito ACM Neto anunciou hoje (31), em coletiva à imprensa no Palácio Thomé de Souza, que o contribuinte que tiver isento do IPTU não terá que pagar a Taxa de Lixo. O projeto concedendo a isenção será encaminhado em regime de urgência à Câmara de Vereadores de Salvador. A expectativa de Neto é que o texto seja aprovado na próxima terça-feira. Quem já tiver pago a Taxa de Lixo e está isento do IPTU, deve se dirigir à Secretaria da Fazenda, no Centro, para solicitar o reembolso do valor.
“Muita gente que fez o cadastramento do imóvel ano passado e que ficou isento do IPTU recebeu pela primeira vez a Taxa de Lixo. Por uma questão de justiça social, estamos estendendo o benefício da isenção também a essa taxa. Não queremos arrecadar de quem não pode pagar”, disse o prefeito, acrescentando que tomou a decisão após ouvir pessoas nas ruas.
Está isento de pagar IPTU os contribuintes que possuem imóvel avaliado em até R$80 mil e que fizeram o cadastramento ou recadastramento do imóvel ano passado. A isenção da Taxa de Lixo vai contemplar 232,3 mil imóveis. A Prefeitura vai abrir mão de uma arrecadação de R$22,8 milhões com o tributo, caso a medida seja aprovada na Câmara. “Vamos compensar com outras receitas ou mesmo cortando despesas. Os investimentos nas áreas essenciais não serão prejudicados”, salientou Neto.
Durante a coletiva, que contou com a presença do secretário da Fazenda, Mauro Ricardo, o prefeito disse que não haverá revisão do IPTU. Ele afirmou que quem não concordar com o valor cobrado pela Prefeitura deve procurar a Secretaria da Fazenda. “Se tiver alguma distorção, vamos corrigir. Não vai haver nenhum problema com isso”.
Vale lembrar que quem pagar a cota única do IPTU tem 10% de desconto. A outra opção é pagar em 11 parcelas, sendo que o cada uma com valor mínimo de R$30

Responder

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.