Policiais militares farão segurança de rodoviários nas ruas

 

reunião

Os motoristas de ônibus que não aderiram ao movimento grevista contarão com a segurança de policiais militares para circular pelas ruas de Salvador. O prefeito ACM Neto, o secretário da Segurança Pública, Maurício Barbosa, o presidente do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Salvador (Steps), Horácio Brasil, e o superintendente da Transalvador Fabrízzio Muller se reuniram no Palácio Thomé de Souza, na manhã desta terça-feira (27), para definir estratégicas para garantir a manutenção de 70% da frota de ônibus em circulação.

 O secretário de segurança garantiu que fornecerá policiais militares para acompanhar os rodoviários. Segundo a Prefeitura, o Setps está realizando o levantamento dos coletivos que estão nas garagens das empresas e podem voltar a circular ao longo do dia.

Durante a reunião, o prefeito também telefonou para o presidente do Tribunal Regional do Trabalho (TRT), Valtércio de Oliveira, para pedir agilidade no julgamento do dissídio coletivo, antes previsto para a próxima sexta (30) e antecipado para esta quinta-feira (29).

Na segunda-feira (26), o TRT determinou que uma frota mínima com 70% dos ônibus circule por Salvador nos horários de picos. Caso a decisão não seja cumprida, o sindicato da categoria deverá pagar multa diária de R$ 100 mil.

Responder

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.