Paulinho Mega é preso durante operação policial em São Paulo

advogado

Foi preso em São Paulo, o baiano Paulo Roberto Gomes Guimarães Filho, o Paulinho Mega, acusado de ter sequestrado o advogado Ricardo Andrade de Melo, de 37 anos, que morava no mesmo prédio, no Corredor da Vitória. Ele foi transferido na sexta-feira, 5, para a capital baiana e permanece custodiado em local não informado por medidas de segurança.

Paulinho Mega foi detido por agentes da Divisão Anti-Sequestro da Polícia Civil de São Paulo e da Companhia de Operações Especiais da Polícia Miltiar da Bahia.
Ele é considerado foragido da Justiça por ter matado um vizinho e encomendado a morte de um amigo de infância e foi condenado a 22 anos de prisão por estes crimes, além de já responder a processos por estelionato e  tráfico internacional de drogas.

O pai do acusado, Paulo Roberto Gomez Rodrigues, também foi preso durante a operação. Segundo informações da polícia, ele já respondeu a um processo pelo crime de descaminho (contra a ordem tributária) e também é suspeito do sequestro do advogado, que está desaparecido há quatro meses.

Responder

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.