PARALISAÇÃO NACIONAL

Os trens do subúrbio, em Salvador, não devem funcionar nesta sexta-feira (29) como parte da paralisação nacional promovida pela centrais sindicais do país. A adesão de todos os trabalhadores do setor foi confirmada pelo Sindicato dos Ferroviários e Metroviários da Bahia e Sergipe (Sindiferro) ao G1. A suspensão da linha que liga a Calçada a Paripe, segundo o sindicato, é um protesto contra o projeto de terceirização que tramita no Congresso Nacional, além do “péssimo estado dos trens e más condições de trabalho”. Já as agências bancárias irão atrasar o horário de abertura em uma hora – só permitindo o acesso da população a partir das 11h. As unidades da avenida Sete de Setembro, Tancredo Neves e da região do antigo Iguatemi farão protestos. O Dia Nacional de Luta em Defesa dos Direitos e da Democracia foi organizado por grupos como a Central Única dos Trabalhadores (CUT), Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), Intersinsical, Conlutas, Nova Central, União Geral dos Trabalhadores (UGT) e Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB).

Responder

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.