Papa Francisco admite ter roubado pequena cruz em velório

O papa Francisco admitiu nesta quinta-feira (6) que já roubou uma pequena cruz durante o funeral de um padre, em Buenos Aires, na Argentina. O pontífice relatou o episódio em conversa com sacerdortes romanos. Ao contar o caso, Francisco reconheceu ter sucumbido “ao ladrão que há dentro de todos nós”. O papa disse que, ao chegar ao funeral, percebeu que não havia flores no caixão. Então, comprou algumas e as colocou no caixão, onde o sacerdote morto estava com um rosário na mão. “De repente, aquele ladrão que todos temos dentro de nós veio à minha mente. Enquanto eu estava espalhando as flores, peguei a cruz que estava sobre o rosário e, usando um pouco de força, desprendi-a”, afirmou. O papa não contou quando ocorreu o fato. Francisco disse que ainda carrega a pequena cruz consigo desde o enterro do padre, para se lembrar dele e da misericórdia que demonstrava com os outros.

Responder

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.