Fiéis fazem procissão na Cidade Baixa em homenagem a Irmã Dulce

Centenas de devotos, admiradores e colaboradores das Obras Sociais Irmã Dulce (Osid) caminharam em procissão até a Igreja do Bonfim na tarde deste domingo (12) em mais uma das homenagens à memória da freira cuja morte completa 25 anos nesta segunda-feira (13).

As homenagens a Irmã Dulce continuam nesta segunda (12).  As celebrações serão encerradas com uma missa especial, que será celebrada no Santuário de Irmã Dulce, no Largo de Roma, às 17h, pelo Arcebispo de Salvador e Primaz do Brasil, Dom Murilo Krieger. Veja programação desta segunda:

  • 7h Missa na Capela do Memorial de Irmã Dulce
  • 9h Missa no Santuário da Bem Aventurada Dulce dos Pobres
  • 9h às 12h Oração das Mil Ave Marias no Santuário da Bem- Aventurada Dulce dos Pobres.
  • 12h Voluntários e colaboradores vão depositar rosas sobre o túmulo de Irmã Dulce
  • 17h Missa solene no Santuário da Bem-Aventurada Dulce dos Pobres, presidida pelo arcebispo Dom Murilo Krieger

Procissão
Ao contrário do que se pode pensar, não havia sinal de tristeza entre os que participaram da caminhada.  Famílias com crianças, idosos,  moradores do entorno do trajeto: todos dançavam e cantavam, espalhando alegria pelo caminho de fé. Na frente ia a imagem de Nosso Senhor do Bonfim e no meio do povo, a da Bem-Aventurada Dulce dos Pobres.

“Como é que eu vou estar triste, se ela está no meio de nós”?, perguntou a aposentada Valdelice Sales, 77 anos, acolhida por Irmã Dulce quando sofria de depressão e atendida através das Obras Sociais.

Outra que esbanjava um sorriso no rosto era a aposentada Iara Nascimento, 63. “Irmã Dulce foi muito dedicada aos pobres e eu estou sendo igual a ela. Cuido de uma idosa de 83 anos”, contou, falando sobre o exemplo que a beata deixou em sua vida.

Responder

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.