BA-VI

O Esporte Clube Bahia e o Esporte Clube Vitória firmaram, um Termo de Cooperação Técnica com o Ministério Público do estado (MP-BA) para garantir a implementação de ações de combate à discriminação contra a mulher.

Os clubes se comprometeram a fazer uma campanha contra o machismo no futebol, com a finalidade de fortalecer a defesa dos direitos das mulheres e promover a liberdade de expressão feminina nos estádios e ambientes esportivos.

Segundo a promotora de Justiça Lívia Vaz, coordenadora do Grupo de Atuação Especial em Defesa da Mulher e da População LGBT (Gedem), o futebol ainda é espaço para a desigualdade de gênero e outros tipos de violência.  “Embora algumas ações pareçam uma forma de violência pequena, são essas violências que naturalizam outras formas de violência”, alertou. Para Lívia, a campanha é um primeiro passo para o trabalho conjunto.

Responder

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.