DPT DIVULGA LAUDO SOBRE ACIDENTE COM ÔNIBUS EM SALVADOR

O laudo do Departamento de Polícia Técnica (DPT) referente ao acidente com o ônibus da Concessionária Integra , próximo ao Shopping Bela Vista, em Salvador, concluiu que o motorista do veículo não foi o responsável pelo acidente, ocorrido na noite do dia 13 de junho de 2019. Vinte e sete pessoas ficaram feridas.

O documento aponta ainda que a ausência de dispositivos de proteção contínua na via (defensas, barreiras de concreto e gradis) contribuiu para o acidente. As imagens que mostram o momento em que ônibus cai da ribanceira também foram divulgadas.

De acordo com o laudo, ao qual a reportagem teve acesso, uma falha mecânica no sistema de direção fez com que o condutor perdesse o controle do veículo: “a causa determinante do acidente foi a perda de controle de direção por parte do condutor do ônibus, em razão da falha mecânica detectada no sistema de direção, resultando na saída de pista para a direita do seu deslocamento, tendo como causa contribuinte a ausência de dispositivo de contenção de proteção contínua, para conter e redirecionar os veículos desgovernados”, diz um trecho da conclusão do documento.

O laudo reúne informações sobre as perícias realizadas no ônibus, no local do acidente e nas imagens de câmeras. O documento é assinado pelo perito criminal relator Agnaldo Petrônio Gomes Júnior, que esteve no local, e pelo perito criminal revisor Ricardo Ribeiro de Carvalho.

O Laudo de Exame Pericial foi concluído em agosto do ano passado, no entanto o mesmo só foi divulgado nesta quarta-feira, 29, conforme Everton Medrado, advogado das vítimas do acidente.

Responder

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.