Desembargadora pede bloqueio da conta do Sindicato dos Rodoviários

A desembargadora Débora Machado, do Tribunal Regional do Trabalho (TRT), pediu na noite desta terça-feira (27) o bloqueio parcial da conta do Sindicato dos Rodoviários para garantir o pagamento da multa de de R$ 100 mil pelo descumprimento da decisão liminar de manter 70% dos ônibus rodando hoje.

Segundo a assessoria do órgão, o pedido de bloqueio se refere somente à multa de hoje e caso os rodoviários descumpram a decisão novamente amanhã a desembargadora irá analisar o que fazer e pode entrar com novo pedido.  O bloqueio deverá ser efetuado caso o sindicato não pague a multa até esta quarta-feira.

A reportagem tentou entrar em contato com diretores do sindicato para comentar a decisão, sem sucesso.

A decisão sobre a circulação mínima de coletivos é uma liminar que foi pedida por dois sindicatos do setor de transporte para garantir a circulação dos ônibus e evitar manifestações que possa interferir no trabalho dos rodoviários que não optarem por parar. A liminar foi deferida parcialmente nesta segunda-feira.

É entendido como horário de pico o período das 4h30 às 8h30 e das 17h às 20h. Nos demais horários, deve ser mantido um mínimo de 50% da frota.

salvador 40

Responder

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.