Corredores de integração entre Orla e Suburbana devem ficar prontos em três anos

O resultado do processo licitatório para implantação dos corredores transversais, que terão ligação com o metrô de Salvador e pretendem integrar a Orla e a Suburbana, foi publicado no Diário Oficial desta quarta-feira (12). O vencedor do corredor Transversal I foi o consórcio Transoceânico Salvador, composto pelas empresas Axxo, Queiroz Galvão, TTC Engenharia e Constran com a proposta de menor preço: R$ 647 milhões. O trecho integra a Avenida Pinto de Aguiar à Gal Costa, através de túnel, se estende aos bairros da Capelinha e de Pirajá e desemboca no Lobato, na Avenida Suburbana. Já a construtora OAS venceu a licitação para executar a obra do Corredor Transversal II por R$ 581 milhões. O segundo corredor começa na BR-324, no bairro de Águas Claras, a partir da implantação da Avenida 29 de Março, passa pelo Bairro da Paz, na Avenida Paralela, e segue até a Orla, através da duplicação da Avenida Orlando Gomes. De acordo com a publicação, serão, aproximadamente, 12 quilômetros de extensão, três vias por sentido, viadutos, túneis, paisagismo e iluminação pública. A previsão para a conclusão do projeto, com elaboração e execução, é de 36 meses. corredores

Responder

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.