Corpo de padre que estava desaparecido é achado perto de praia

padre

O corpo do padre que estava desaparecido foi encontrado no próprio domingo e reconhecido nesta segunda-feira (6), segundo informações da Polícia Civil.  Francisco Carlos de Souza, 45 anos, estava com marcas pelo corpo feitas com objetos cortantes. O carro do padre, um Fox OUJ-5586, não foi localizado, o que levanta suspeita de latrocínio.

O corpo do padre estava em um matagal perto do Centro de Formação de Líderes, entre Itapuã e Stella Maris. Segundo a Polícia Civil, o corpo foi localizado à tarde a estimativa é que o crime tenha acontecido por volta das 13h de ontem – a 15ª Companhia Independente de Polícia Militar (Itapuã) encontrou o corpo por volta das 13h30. Testemunhas teriam visto o padre discutir com dois homens que ainda não foram identificados.

Já a Arquidiocese de Salvador, diz que o padre saiu de casa por volta das 15h30 do domingo para ir celebrar uma missa às 16h no Santuário de Mãe Rainha, paróquia Nossa Senhora da Esperança. O padre vivia sozinho em um condomínio no Costa Azul.

Segundo informações da paróquia ao registrar o caso, depois que o padre não apareceu, tentaram entrar em contato com ele, sem sucesso.  O corpo foi reconhecido por padres da paróquia nesta noite. Familiares do padre, que são de Minas Gerais, serão avisados.

Responder

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.