Considerado “ofensivo” às mulheres, comercial com Compadre Washington vai sair do ar

A propaganda com Compadre Washington do site de classificados “Bom Negócio” será retirada do ar por conta de reclamações. O colunista Lauro Jardim, da Veja, divulgou que o comercial precisaria passar por modificações por orientação do Conselho de Autorregulamentação Publicitária (Conar).

O problema é que o Conar recebeu reclamações de cerca de 50 pessoas que se sentiram ofendidas  com a expressão “ordinária”, muito usada pelo É o Tchan do cantor, e que começa a ser dita na propaganda. O órgão julgou que a expressão extrapolou o limite do bordão e considerou o anúncio “desrespeitoso” para as mulheres.

Na propaganda, um casal está na piscina de uma casa quando o Compadre Washington aparece em um aparelho de som. “Eta, mainha! Danada! Que abundância, mermão! Assim você vai matar papai, viu? Esse aí é seu marido? Sabe de nada, inocente! Vem, vem, ordiná…”. A palavra é cortada antes do fim, com o rosto do cantor desaparecendo.

A empresa tem dez dias para entrar com recurso contra a decisão – o Bom Negócio disse que aguarda a notificação do Conar para tomar providências. A propaganda pode continuar sendo exibida na internet.

inocenta 2

Responder

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.