CODESAL REGISTRA DESLIZAMENTOS DE TERRA

Além das ocorrências apontadas pela Superintendência de Trânsito (Transalvador), a Defesa Civil de Salvador (Codesal) recebeu 12 ocorrências até às 7h40 desta sexta-feira (20). De acordo com o Boletim Operação Chuva, foram dois alagamentos de área, dois alagamentos de imóvel, um desabamento parcial, cinco deslizamentos de terra nos bairros de Marechal Rondon, Sussuarana, Arraial do Retiro, Jardim Nova Esperança e Dom Avelar e uma ameaça de desabamento de muro. Em todas essas ocorrências, não houve registro de feridos. Pouco mais cedo, a Transalvador notificou cinco pontos de alagamento pela capital baiana (veja aqui). O plantão da Codesal segue aberto 24 horas para atender solicitações pelo telefone gratuito 199.

Com as fortes chuvas na manhã desta sexta-feira (20), alguns pontos de alagamento foram registrados na capital baiana. Um deles foi abaixo do viaduto Canô Veloso, no sentido Rodoviária. A ocorrência provocou um congestionamento na Avenida Pinto de Aguiar, sentido Paralela. Outros pontos de alagamento são na Avenida Bonocô, na altura da Revisa, no sentido Shopping da Bahia; nos Barris, no sentido Centro; e na Avenida Juracy Magalhães, após o Cidade Jardim, no sentido Lucaia. No Largo da Calçada, a Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador) identificou poças d’água nos dois sentidos da via, o que causou lentidão no tráfego do local.

Responder

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.