CAOF APONTA TRANSAÇÕES SUSPEITAS DE ASSESSOR DO FILHO DE BOLSONARO

O relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), órgão do Ministério da Fazenda, detalha que Fabrício de Queiroz, ex-assessor na Alerj do deputado estadual Flávio Bolsonaro, filho do presidente eleito Jair Bolsonaro, chegou a fazer 5 saques em apenas um dia.

O documento revela que Queiroz chegou a fazer 176 saques em dinheiro em 2016. Segundo o documento, a média foi de uma retirada a cada dois dias.

No total, as retiradas somaram quase R$ 325 mil, com saques que chegaram a R$ 14 mil. O relatório mostra ainda que houve 59 depósitos em dinheiro na conta de Queiroz, com entrada de mais de R$ 12 mil.

A ex-secretária parlamentar e atual mulher de Jair Bolsonaro, Michele de Paula Bolsonaro, foi favorecida em uma dessas movimentações. Ela recebeu R$ 24 mil. Segundo Bolsonaro, o valor era referente a uma dívida que o ex-assessor tinha com ele. O presidente eleito afirmou ainda que eles eram amigos e que emprestou o dinheiro porque Fabrício estava com problemas financeiros.

Responder

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.