Caminhão esmaga carro, mata condutor e fere passageiros de ônibus em São Caetano

Um homem morreu e ao menos três pessoas ficaram feridas após um caminhão descer, desgovernado, a ladeira do Bambuí, na altura da Jaqueira do Carneiro, pouco depois das 17h desta terça-feira (14). O caminhão, que levava uma carga de areia, colidiu lateralmente com outros cinco carros que também desciam a ladeira antes de o carro de passeio que estava atrás de um ônibus parado no ponto. O condutor do veículo morreu e pelo menos cinco pessoas que estavam no ônibus ficaram feridas sem gravidade.

Motorista do veículo de passeio atingido em cheio pelo caminhão, Emerson Abreu de Freitas, 35 anos, trabalhava como instalador da empresa de telefonia Vivo, e estava indo buscar o filho na escola no momento em que o acidente ocorreu. Ele ficou preso às ferragens, mas apesar do esforço das equipes de resgate, não resistiu aos ferimentos e morreu no local. “Um homem muito bom, trabalhador, morava perto aqui de onde aconteceu o acidente, na Ladeira do Camurujipe. Deixa um filho de três anos. Faz uns três anos que a mãe dele perdeu o pai, só tem ele e o meu marido de filhos, ela está arrasada”, contou a cunhada de Emerson, Evanês Nascimento.

De acordo com o subtenente Mauricio Maciel, do 3º Grupamento de Bombeiros Militar (3º GBM/Iguatemi), a principal dificuldade no resgate foi o peso do veículo.  “Foi preciso o uso do reboque para afastar o caminhão e chegar ao carro que estava esmagado entre o caminhão e o ônibus. Inicialmente a notícia era de que havia duas vítimas dentro do carro, o que não se confirmou”, detalha. O corpo só foi retirado mais de dias horas e meia após o acidente. Os bombeiros ainda tiveram trabalho para desmontar as ferragens que ficaram presas no para-brisa do caminhão, para poder liberar a via com o guincho do veículo que deve ser periciado para identificar as causas do acidente. Houve grande engarrafamento na região e o trânsito precisou ser parcialmente interditado no acesso a São Caetano (Rua do Bambuí) e em um trecho da Estrada de Campinas de Pirajá

De acordo com a Central de Polícia, o acidente foi registrado às 17h16. Foi solicitada a presença do Corpo de Bombeiros, Samu, Salvar, Transalvador e PM no local. A 9ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/Pirajá) também auxiliou no trabalho das equipes, controlando a presença de curiosos no local. Centenas de pessoas observaram a operação, o que chegou a atrapalhar o serviço dos agentes. “Até a nossa mobilidade e das equipes foram prejudicadas com os curiosos, além do risco que essas pessoas se expõe de acabarem se acidentando também”, criticou o subtentente Maciel, dos Bombeiros, sobre a multidão que espreitava a tragédia.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública (SSP), duas vítimas foram encaminhadas pelo Salvar para o Hospital Geral do Estado (HGE). O estado de saúde delas não foi divulgado. Duas viaturas do Corpo de Bombeiros Militar (CBM) também foram encaminhadas ao local do acidente e a Via Bahia, concessionária que opera a BR-324, também presta auxílio no local, para ajudar a liberar a pista. Uma equipe da Transalvador registrou a ocorrência na 4ª Delegacia Territorial (São Caetano), mas não há informações sobre o motorista do caminhão.

Responder

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.