Bancos fecharam mais de mil postos de trabalho

Os bancos brasileiros fecharam 1.849 postos de trabalho no primeiro trimestre deste ano. O saldo negativo foi puxado pelos bancos privados, que fecharam 2.985 vagas. A Caixa Econômica Federal, instituição financeira pública, abriu 1.132 vagas e impediu que o número de postos subtraídos fosse maior. Os maiores cortes ocorreram em São Paulo (menos 967 vagas), no Rio de Janeiro (276), no Rio Grande do Sul (260 ) e em Minas Gerais (186). As informações estão na Pesquisa de Emprego Bancário (PEB), divulgada nesta quinta-feira (24) pela Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) em parceria com o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). Além do fechamento de vagas, a pesquisa mostrou também alta rotatividade no emprego bancário. De acordo com o estudo, as instituições contrataram 8.266 funcionários e desligaram 11.115. O fato impactou nos ganhos da categoria, já que o levantamento aponta que o salário médio dos admitidos no primeiro semestre foi R$ 3.129,17, contra R$ 5.372 dos desligados. Informações da Agência Brasil.

Responder

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.