Bahia terá aplicativo para mapear casos de racismo

O combate ao racismo na Bahia contará com um novo aliado. O aplicativo para denúncias “Mapa do Racismo” será lançado pelo Ministério Público Estadual (MP-BA) na próxima segunda-feira, 19.

De acordo com informações MP-BA, a ferramenta trará informações para ajudar a vítima a identificar um caso de racismo e possibilitará o registro de denúncias anônimas de discriminação racial, intolerância religiosa, injúria racial e racismo institucional.

Como prova, será possível enviar fotos, áudios, textos, vídeos e, até mesmo, digitalizar documentos. Segundo a promotora de Justiça e coordenadora do projeto, Lívia Vaz, é garantido o sigilo na realização das denúncias.

Como funciona

Ao fazer a denúncia, o aplicativo emite automaticamente um código numerado e registra a ocorrência junto ao setor responsável do MP-BA. Após análise, a situação é encaminhada ao promotor encarregado do combate a crimes de racismo e intolerância religiosa no local do fato.

Responder

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.