Bahia goleia xará de Feira por 6 a 0

Com o resultado do jogo, o tricolor da capital está na liderança isolada do Baianão com 7 pontos, um a mais que o Vitória, o segundo colocado, que “folgou” nessa rodada. O Bahia de Feira caiu para quinto lugar, com 3 pontos.

O Bahia mais uma vez vira a chave e se foca na Copa do Nordeste, onde enfrenta o Altos domingo, 12, às 16h, no Estádio Lindolfo Monteiro. Pelo baiano, a equipe vai folgar na próxima rodada e só voltará a campo no domingo, 19, ás 17h, contra a Juazeirense. Antes disso, joga pela Copa do Brasil na quinta, 16, às 20h30, contra o Sergipe, fora de casa.

Domínio na primeira etapa

O Bahia começou o jogo em ritmo lento. A defesa tocava bola com calma, esperando para ver como reagiria o Bahia de Feira. Ao ver que a equipe do interior não se mostrava uma ameaça, o time da capital começou a ir para o ataque e fez logo o primeiro gol.

Aos 6 minutos, Allione passou por dois e cruzou para Gustavo, o Gustagol, cabecear facilmente para o fundo da rede. O gol animou o Bahia e deixou o Bahia de Feira sem reação. Ora Allione, um dos destaques da partida, ora Juninho levavam perigo à equipe do interior.

Com 15 minutos de jogo, uma linda jogada do Bahia. Lucas Fonseca mandou um lançamento da defesa para os pés de Juninho Capixaba na esquerda do ataque. Ele cruzou de primeira para Diego Rosa fazer o segundo gol tricolor arrematando sem chances para Rudi.

Reinício com gol

O segundo tempo voltou com o Bahia ainda animado. Allione, o destaque da partida, deixou o dele aos 5 minutos da etapa final. Éder cruzou no segundo poste, Allione dominou, passou por dois e mandou no canto do gol de Rudi, fazendo o quarto gol do tricolor da capital.

Se o Bahia de Feira já não assustava antes, com quatro gols atrás no marcador, a situação ficou mais difícil ainda. Mas, apesar da vantagem, o Bahia mostrava vontade na partida. Os jogadores, que estão no esquema de rodízio de Guto Ferreira, queriam mostrar serviço.

Diego Rosa foi quem fez o quinto gol aos 17 minutos. Ele recebeu cruzamento rasteiro de Renato Cajá e mandou para o gol de primeira. E o autor do gol acabou saindo aos 22 para dar lugar a Kaynan. Hernane, que não queria participar do rodízio de Guto, também entrou na partida, no lugar de Gustagol, aplaudido pela torcida.

O sexto gol saiu do oportunismo de Kaynan. Éder cruzou na área e ele subiu de cabeça para desviar para o fundo da rede de Rubi. Com seis gols, o Bahia ainda foi para cima do Bahia de Feira, mas não conseguiu marcar mais nenhum gol.

Responder

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.