“AMARELINHOS” PODEM INTEGRAR COM O METRÔ

Uma reunião realizada na tarde desta segunda-feira, 27, na sede do Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA), em Nazaré, decidiu que os ônibus do Subsistema de Transporte Especial Complementar (Stec) que estiverem em situação regular, ou seja, que tenham o prazo de 8 anos e tenham acessibilidade, poderão operar integrando com o sistema de metrô, a partir de 1º de março deste ano.

“Vai ser aberta a licitação, porque esses carros que rodam hoje no sistema complementar, os ‘Amarelinhos’, eles estão em situações irregulares, não têm licitação. Eles estão sendo cadastrados, vão receber autorizações para até o período da licitação, então todos os carros ‘Amarelinhos’ que estejam de acordo com o regulamento do município, ou seja, que tenha acessibilidade, os carros tenham até 8 anos e tenham passado pelo processo de vistoria, eles receberão autorização e poderão integrar no sistema, até ter a licitação, até a conclusão do processo”, explicou a promotora de Justiça Rita Tourinho.

De acordo com a promotora, os ônibus que estiverem fora dos requisitos não poderão integrar. “Só vão integrar no dia 1º de março os ônibus que estejam em situação regular”, frisou ela, pontuando que os veículos regularizados, em 1º de março já estarão integrados ao Sistema de Transportes Coletivos por Ônibus de Salvador (STCO) e Metrô

Responder

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.