Agência aponta que Copa causa pouco impacto na economia brasileira

Embora a população acredite que a Copa do Mundo custa muito caro para o Brasil, uma pesquisa da Moody’s – agência que fornece dados sobre o mercado financeiro – aponta que os gastos com o mundial terão impacto econômico insignificante para o Brasil. A competição vai gerar apenas 0,4% do crescimento do PIB no período de dez anos e os gastos com infraestrutura representam apenas 0,7% do total de investimentos previstos para o período entre 2010 e 2014. Segundo a analista da agência, Barbara Mattos, os que influenciam neste resultado são o fato de a economia brasileira ser muito grande; a duração da Copa ser curta e os investimentos serem concentrados em algumas cidades e estados. A Moody’s afirma, ainda, que os gastos com a Copa do Mundo não afetam o rating do país e da maioria de suas empresas, já que o impacto nas contas públicas não é tão expressivo. A agência diz também que uma nova agitação social, como aconteceu em 2013 durante a Copa das Confederações, e a incapacidade de oferecer infraestrutura podem “manchar a imagem do país” internacionalmente.

copa

Responder

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.