A pandemia do novo coronavírus provocou mais de 290.000 mortes no mundo, mais de 80% delas na Europa e nos Estados Unidos, desde seu aparecimento na China, segundo contagem da AFP, com base em fontes oficiais, às 19h de Brasília, desta terça-feira, 12.

Foram registradas no total 290.477 mortes no mundo (de 4.243.916 casos), dos quais 159.205 foram contabilizadas na Europa (1.780.820 casos), o continente mais afetado pela pandemia. 

Os Estados Unidos são o país com o maior número de óbitos (82.105), à frente do Reino Unido (32.692), da Itália (30.911), da França (26.991) e da Espanha (26.920).

O balanço é baseado em dados coletados pelos escritórios da AFP com autoridades nacionais e informações da Organização Mundial da Saúde (OMS). 

A pandemia do novo coronavírus provocou mais de 290.000 mortes no mundo, mais de 80% delas na Europa e nos Estados Unidos, desde seu aparecimento na China, segundo contagem da AFP, com base em fontes oficiais, às 19h de Brasília (22h GMT) desta terça-feira (12).

Foram registradas no total 290.477 mortes no mundo (de 4.243.916 casos), dos quais 159.205 foram contabilizadas na Europa (1.780.820 casos), o continente mais afetado pela pandemia. 

Os Estados Unidos são o país com o maior número de óbitos (82.105), à frente do Reino Unido (32.692), da Itália (30.911), da França (26.991) e da Espanha (26.920).

O balanço é baseado em dados coletados pelos escritórios da AFP com autoridades nacionais e informações da Organização Mundial da Saúde (OMS). 

Devido às correções efetuadas pelas autoridades ou à publicação tardia dos dados, os números do aumento em 24 horas podem não corresponder exatamente aos publicados no dia anterior.

Devido às correções efetuadas pelas autoridades ou à publicação tardia dos dados, os números do aumento em 24 horas podem não corresponder exatamente aos publicados no dia anterior.

Responder

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.