Caminhada mostra diversidade e riqueza cultural do estado

A cultura popular esteve em destaque, na tarde deste domingo, 24, durante a 1ª edição da Caminhada Raízes da Bahia, no Dique do Tororó. O desfile reuniu 36 grupos, com mais de 1.200 artistas, de cidades que compõem a Grande Salvador, Recôncavo, Sertão e Baixo Sul do estado.

Dividida em cinco alas, a manifestação levou ao público apresentações de diversas expressões culturais, nascidas tanto no interior quanto na capital, a exemplo de samba de roda, caretas, congadas, quadrilhas, fanfarras, filarmônicas, ternos de reis, bumba meu boi e negos fugidos.

Encerrado pelas Ganhadeiras de Itapuã, o desfile teve início por volta das 16h, quando os primeiros grupos partiram do estacionamento da Arena Fonte Nova rumo à avenida Vasco da Gama, no sentido oposto ao fluxo de veículos.

Entre alguns dos grupos estavam o Balé Folclórico da Bahia (Salvador); Congos, Reinados e Cheganças (Cairu); Os Guaranis (Itaparica); A Barquinha de Bom Jesus dos Pobres (Saubara); Careta de Praia do Forte; Esmola Cantada (Cachoeira) e Nego Fugido (Acupe).

Responder

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.