Estudo revela que uso contínuo de Omeprazol pode causar câncer

Para quem tem costume de se automedicar com omeoprazol ao sentir dor no estômago deve ter muito cuidado. Um estudo publicado na revista Gut apontou que o medicamento pode aumentar em 2,4 vezes a chances de um câncer de estômago. A droga é usada em pacientes com refluxo, úlcera e ou diagnosticados com a bactéria Helicobacter pylori. O estudo observacional feito durante 12 anos, com 63 mil adultos, na Universidade de Hong Kon e na Universidade College London, identificou a relação entre o câncer no estômago e o uso da medicação. Isso porque durante o período da pesquisa, 153 participantes desenvolveram câncer, sendo que nenhum deles apresentou a bactéria H Pylori – porém, todos tiveram inflamação estomacal de longo prazo. O estudo observou ainda que, depois de um ano de uso de uma droga como Omeoprazol, Pantoprazol ou lansoprazol, aumenta a probabilidade do paciente desenvolver câncer de estômago em cinco vezes. Com três anos ou mais de uso, o risco cresce oito vezes.

Responder